Polestar

A Polestar é a marca premium de carros de alta performance do Grupo Volvo. Desde 2017, disponibiliza carros elétricos personalizados por forma a responder à procura da emergente indústria de elétricos.

Por forma a refletir a natureza dinâmica da prestigiada marca, foram encomendadas novas instalações a construir junto da atual sede da Volvo Car Group, em Gotemburgo, Suécia. Desenhadas pelos consagrados arquitetos suecos Bornstein & Lyckefords, o produto final é uma espécie de sonho em tons de branco, luminoso. 

Uma nova sede, reflexo de uma marca progressiva

A nova sede da Polestar envolve a renovação de um antigo edifício de betão dos anos 80. O novo edifício tinha que realçar aspetos como o design e o desempenho energético. “Quando nos pediram para trabalhar neste magnífico edifício, descreveram-nos a sua visão para o edifício como um conceito premium ‘onde Apple e Hugo Boss se encontram’,” diz Daniel Nestenborg, CEO da Ferm & Persson AB, que colaborou com a nova fachada, janelas e proteção interna contra incêndio.

“Quando nos pediram para trabalhar neste magnífico edifício, descreveram-nos a sua visão para o edifício como um conceito premium "onde Apple e Hugo Boss se encontram"”Daniel Nestenborg, CEO of Ferm & Persson AB

Minimalista e vanguardista, o edifício é composto por três pisos num total de 3,800 m2 disponíveis para escritórios e área de desenvolvimento de produto com capacidade para 200 colaboradores, bem como áreas de exposição para vários carros. Em termos estruturais, o edifício e o ambiente dedicado à produção estão preparados para colaboração cruzada de funções entre a marca Polestar e a sua parente próxima: a Volvo.

Conceito arquitetónico 

“Nós criámos um ‘cubo’ rígido e minimalista como principal característica do edifício que, com as suas soluções técnicas e detalhes, cria uma clara ligação entre a arquitetura e o design  de um produto moderno,” afirma Per Bornstein, da Bornstein & Lyckefors. “Uma das suas particularidades únicas é uma fachada branca inteiramente composta por vidro e alumínio que permite a entrada de cerca de 60% de luz, através de um desafio em termos de design e engenharia, completamente em linha com a abordagem progressista da Polestar.” Mais: o luminoso vidro branco que reveste o Cubo Polestar, com os seus logótipos luminosos, também simbolizam a “estrela guia” - o papel que a marca Polestar desempenha enquanto pioneira em design e tecnologia dentro do Volvo Car Group. 

Uma fachada desenvolvida a partir do solo

O desafio de corresponder aos requisitos da Volvo veio rapidamente à tona, pois desde logo se apurou que a fachada existente não suportaria muito peso. Geralmente, os sistemas envidraçados da atualidade são fixos a partir do topo da estrutura e daí suportados à medida que descem. Neste caso, foi necessário deslocar a carga para o chão, e como parte da solução feita à medida, carregar o peso da fachada a partir da placa inferior – algo que Daniel Nestenborg descreve como ‘um desafio emocionante.’ 

O outro desafio no design da fachada surgiu perante a estrutura do edifício existente. Foi especialmente difícil tendo em conta que o projeto incorpora um edifício antigo com aberturas de aproximadamente de 3 metros, não passíveis de ser alargadas até aos 15-20 metros requeridos pelo novo projeto, de design expansivo e moderno. Nesse sentido, o projeto desenvolveu-se de maneira a que as janelas antigas fossem reconfiguradas como caixas brancas isoladas, seladas junto com o vidro exterior. “Na sua essência, a solução funciona como uma fachada dupla, ou um exosqueleto”, explica Nestenborg.

 

“Na sua essência, a solução funciona como uma fachada dupla, ou exosqueleto”Daniel Nestenborg, CEO of Ferm & Persson AB

Em termos de vidro, a Volvo Polestar solicitou explicitamente que a luz natural fosse o mais branca possível, colocando de parte a utilização de vidro com qualquer tipo de pigmento, película ou sistema de sombreamento. Para controlar a exposição solar e fornecer a qualidade de luz branca desejada, foi utilizada uma tela impressa com um padrão que ocupara 40% da mesma. O padrão está posicionado nos 10 mm do vidro exterior endurecido. Foi escolhida uma fachada estrutural envidraçada em alumínio pela Reynaers Aluminium, de maneira a que esta fosse instalada em aço com o uso de silicone branco, conferindo-lhe assim um acabamento homogéneo. Da grande diversidade de partes e colaborações envolvidas, Nestenborg diz, ‘Tornou-se uma colaboração bem-sucedida, e apesar do plano de implementação ser extremamente curto - apenas oito semanas – conseguimos gerir os timings e cumprir o nosso compromisso sem atrasos.'

Enquanto a luminosa fachada se evidencia em branco, a entrada para o interior do edifício contrasta em tons negros. Esta interessante característica reforça a luminosidade do edifício e consiste numa cobertura totalmente horizontal em vidro branco, rodeada de painéis metálicos preto polido “rimex”. Esta cobertura foi concebida à imagem e semelhança de um portão de garagem aberto na fachada e é aquecida através de energia elétrica, por forma a derreter a neve.

De aspeto puro e imponente, o edifício constitui-se como uma tradução arquitetónica do que representa a marca Polestar em termos de progresso, tecnologia e inovação, apontando o  céu como o limite.

Instalador: 
Ferm & Persson
Arquiteto: 
Localização: 
Gothenburg, Suécia
Fotógrafo: 
Outros parceiros: 
Volvo Polestar (Investors)RO-Gruppen (Construction managers) Petr Herman (Executive architects)
Sistemas Reynaers utilizados: