Apartment Silesia

Esta suite minimalista localizada em Silésia é repleta de luz natural, graças à instalação de grandes janelas e de enormes portas de vidro para varandas. Os proprietários e os arquitetos focaram-se nas cores, escolhidas com rigor, e na máxima qualidade de todas as soluções.

Inicialmente, o espaço habitacional foi dividido em inúmeras divisões e, apesar do seu tamanho imponente, o caráter deste não divergia dos apartamentos típicos existentes nos edifícios plurifamiliares. Os proprietários pretendiam criar um apartamento sofisticado, sendo este sonho realizado pelo gabinete de arquitetos MMOA, premiado no concurso “Architecture of the Year 2018”, na categoria de Jovem Criador. Procederam a grandes mudanças, que consistiram em derrubar paredes, aumentar as aberturas das portas e mudar as janelas.

A escolha de cores é limitada a branco, cinzento e preto com uma única concessão sob a forma de uma obra de arte expressiva colocada à entrada do terraço. As formas geométricas preenchem o espaço – até mesmo as cortinas assumem a forma de colunas estáticas, graças à utilização de materiais têxteis densos.

Depois das mudanças, foi criado um espaço constituído por uma sala de estar com cozinha ampla e luminosa e uma área de lazer. Este espaço foi separado da área privada do apartamento, através de um corredor e de uma grande porta, atrás da qual se encontram o quarto, a casa de banho e o guarda-roupa dos proprietários.

Foram colocados azulejos de grande formato imitando mármore no chão de todo o apartamento e do terraço e em algumas paredes. Uma solução usualmente reservada para casas de banho, aqui também está presente na sala de estar e confere ao interior um ambiente de hotel exclusivo.

Máxima Luz com um mínimo de restrições

Durante a metamorfose do apartamento, ampliaram-se as aberturas das janelas e as janelas foram substituídas por umas em alumínio. Foi prestada uma atenção especial às soluções que permitiam criar superfícies envidraçadas verdadeiramente grandes. Os sistemas de Reynaers Aluminium combinavam perfeitamente com o conceito. As janelas foram construídas com o sistema SlimLine 38 através do qual foram utilizados perfis extremamente estreitos. As portas de correr Hi-Finity levam até à varanda. Trata-se de uma solução única, na qual a visibilidade dos perfis é reduzida, ao embutir os aros nas paredes e ao ter perfis das folhas extremamente estreitos.

“Nós planeámos ir com o investidor até à Bélgica para ver o sistema HiFinity no Campus da Reynaers e avaliar a solução ao vivo. O produto acabou de ser apresentado ao mercado, mas verificou-se que existe uma instalação em Wroclaw onde as janelas HiFinity estavam a ser instaladas, por isso optámos por ir a Wroclaw. As janelas ainda não estavam inteiramente acabadas sendo, portanto, impossível verificar o seu funcionamento. No entanto, foi o suficiente para o nosso investidor tomar uma decisão” – diz Maciej Dyląg, arquiteto da MMOA.

O uso consistente da cor, ladrilhos de grande formato tanto no interior do apartamento como na varanda, uma iluminação bem planeada e, sobretudo, a abertura do espaço ao derrubar paredes e ao substituir as janelas são todos os fatores que permitiram aos arquitetos de criar um magnífico apartamento, de caráter minimalista e repleto de luz.

Instalador: 
Localização: 
Polónia
Sistemas Reynaers utilizados: