PROGRESSO EM CONFORTO

PROGRESSO EM CONFORTO

EMBORA POUCOS ARQUITETOS AFIRMEM QUE O AUMENTO DO CONFORTO E O PRINCIPAL OBJETIVO DO SEU TRABALHO, DE FACTO, E DISSO QUE SE TRATA A ARQUITETURA. FELIZMENTE, MUITAS PESSOAS VEM UM EDIFICIO COMO ALGO MAIS DO QUE APENAS UM TETO SEGURO SOBRE AS SUAS CABEÇAS E COMPREENDEM A ESSENCIA DA ARQUITETURA COMO UM ABRIGO CONFORTAVEL EM RELAÇÃO AO MUNDO EXTERIOR. O ESSENCIAL E MANTER O MUNDO EXTERIOR – VENTO, AGUA, CALOR E FRIO – DO LADO DE FORA. NO ENTANTO, E MAIS DO QUE NUNCA, O OBJETIVO E INEQUIVOCAMENTE COMBINADO COM UM DESEJO DE MAIOR CONFORTO. MUDANÇA

O ritmo ao qual a arquitetura se altera não é só visto nos desenvolvimentos estilísticos que evoluem rapidamente uns após outros. Se observarmos a arquitetura dos anos 60 ou 80 é fácil ver uma enorme diferença relativamente aos dias de hoje. O ritmo acelerado dessa evolução também pode ser verificado no enorme desenvolvimento em termos de nível de conforto dos edifícios. Também nesta área ocorrem inúmeras mudanças durante um século e muitas vezes durante uma década surgem grandes inovações. Ainda não há muito tempo, as janelas de vidro simples constituíam a norma. Foi necessária a crise de petróleo e o aumento do preço dos combustíveis fósseis no início dos anos 70 para aumentar a popularidade dos vidros duplos. O aumento gradual da popularidade dos vidros triplos trata-se de um desenvolvimento ainda mais recente.

“FOI NECESSÁRIA A CRISE DE PETRÓLEO E O AUMENTO DO PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS NO INÍCIO DOS ANOS 70 PARA QUE A POPULARIDADE DOS VIDROS DUPLOS AUMENTASSE”

DESEMPENHO

O aumento dos custos de energia e a crescente consciencialização sobre o tema da sustentabilidade tornaram o desempenho energético dos edifício num fator importante a dar atenção. Os padrões de desempenho energético, estabelecidos por regulamentações e muitas vezes tornados mais restritos pelas mesmas, são uma importante força motriz indireta para o aumento dos níveis de conforto dos edifícios. Michel Van Put, gestor de produtos da Reynaers Aluminium, concorda que o conforto muitas vezes é uma consequência de inovações tecnológicas relacionadas com a utilização eficaz de energia. ‘Em termos de isolamento térmico atingimos um limite para os valores-U a nível doméstico Passivo bastante inferior a 1.0 W/m²k. O alto nível de isolamento dos nossos sistemas é de facto um aspeto muito importante, mas também deve ser dada atenção à ventilação, controlo da luz solar e ligações herméticas nos edifícios. A combinação destes aspetos torna possível manter um clima interior agradável por trás de uma fachada de vidro, mesmo que neve ou que faça calor intenso no exterior.’

ACESSO

As janelas normais e as janelas e portas de correr podem ainda ser melhoradas em termos de estanquidade ao ar e à água. O conforto é associado tanto com bem-estar como com comodidade. Estes dois fatores foram combinados nas inovações e melhoramentos no sistema de peitoris e soleiras da Reynaers. Este sistema cumpre os rigorosos padrões de estanquidade de água e ar mesmo no caso de soleiras muito baixas. Van Put afirma: ‘Especialmente as escolas, hospitais e edifícios públicos têm de cumprir grandes exigências em termos de boa acessibilidade. A Reynaers fabrica peitoris e soleiras para diversos sistemas que cumprem as normas europeias relevantes, as quais autorizam um máximo de 18 milímetros de altura. Em sistemas específicos conseguimos mesmo atingir a norma inglesa, mais restrita, a qual autoriza uma altura máxima de 15 milímetros.’ Estas soluções de soleiras baixas oferecemnos a oportunidade de cumprir as exigências de acessibilidade fácil em quase todas as circunstâncias, particularmente no caso de renovações, onde nem sempre é possível ajustar a subestrutura do solo.

No nosso mundo densamente povoado e movimentado, o silêncio tornouse um luxo

SILENCIO

Todas as inovações e melhoramentos nos sistemas de isolamento térmico, estanquidade ao ar e à água ajudam também a melhorar o isolamento acústico. No nosso mundo densamente povoado e movimentado, o silêncio é por vezes um luxo subestimado. Uma diminuição do ruído ambiental pode melhorar significativamente o nível de conforto. Devido ao seu alto nível de estanquidade ao ar, os sistemas Reynaers já reduzem bastante os níveis de ruído, e os detalhes como vedantes extra e dobradiças ocultas melhoram ainda mais o desempenho acústico. Quanto menos som proveniente do exterior, mais importante se torna o som no interior. Na sua área de sistemas de fachada, a Reynaers investiga e desenvolve soluções para reduzir o ruído de contacto que pode ocorrer entre os pisos ou entre salas adjacentes através da fachada.

A transparência e a entrada de abun-dante luz exterior

As venezianas do sistema de proteção solar BS (Brise Soleil) asseguram um bom controlo climatérico e um conforto visual excelente

LUXO

O desempenho energético é uma força motriz para as soluções de conforto. No entanto, existe também uma necessidade crescente de conforto que não está relacionada com a eficácia energética. Apesar do aumento dos custos de energia, as zonas mais ricas do mundo verificaram um aumento significativo da sua prosperidade nas últimas décadas. Este aumento de prosperidade significa que cada vez mais pessoas conseguem desfrutar de níveis de conforto que anteriormente eram financeiramente inatingíveis. Algo considerado como um luxo reservado apenas aos mais privilegiados no passado, é perfeitamente acessível para um grande número de pessoas hoje em dia e constituirá a norma para todos no futuro- tal como aconteceu com o tamanho das janelas e consequentemente com a luz e transparência dos interiores, ou com os sistemas de aquecimento central. Isto aplica-se também ao facto de, na maior parte do mundo ocidental e entre os anos 1900 e 2000, o número de metros quadrados por pessoa ter quadruplicado, o que representa também um enorme aumento no consumo de energia. Algumas das soluções utilizadas para aumentar os espaços são as marquises, jardins de inverno e varandas fechadas, as quais podem ser encontradas em muitos novos projetos residenciais. Estes espaços não são apenas utilizados no verão como espaço interior/exterior, mas são cada vez mais utilizados também durante outros períodos. Normalmente estes espaços não dispõem de sistemas completos de aquecimento e refrigeração (e não são isolados da mesma forma que o resto da residência), mas com a tecnologia disponibilizada pela Reynaers é possível melhorar a estanquidade ao ar e à água para que estes espaços possam ser utilizados durante praticamente todo o ano. Um último aspeto do conforto nos sistemas Reynaers, para além da sua facilidade de manutenção, é a sua facilidade de utilização. O funcionamento de todos os sistemas cumpre as mais rigorosas normas, o que significa que não exige demasiada força, tornando os sistemas acessíveis a todos os utilizadores, desde idosos a jovens, com utilização de pouco esforço. E para os que preferem não utilizar qualquer força muscular, as portas de correr dos sistemas CP 155 e CP 50 estão disponíveis com motores, os quais permitem o deslizamento destas portas carregando simplesmente num botão.