Sofia Airport Centre

Sofia Airport Centre

Cigler Marani Architects

AEROPORTO DE SOFIA UM CENTRO COMERCIAL COM UM CONCEITO RESPEITADOR DO AMBIENTE E UM DESENHO ELEGANTE

O novo e ambicioso projecto Sofia Airport Centre (SAC) estabelece novos padrões para os edifícios de escritórios e logística na Bulgária. O parque comercial de grande escala foi desenhado dando ênfase à sustentabilidade e ao respeito pelo ambiente. Localizado estrategicamente a 300 metros do aeroporto internacional de Sofia e na intersecção de muitas vias importantes, o Sofia Airport Centre assegura um bom acesso aéreo e terrestre para companhias dinâmicas e com visão de futuro. Os terrenos junto ao Aeroporto internacional de Sofia, até à pouco tempo terrenos agrícolas, parecem ser férteis para o desenvolvimento de centros logísticos e de escritórios. O Sofia Airport Centre, com uma área total de construção de 165.000 metros quadrados, possui um conceito individual característico que engloba três elementos principais: um centro de logística com 22.000 m2, um centro de escritórios de classe A com 100.000 m2 (com certificação LEED) e um hotel de alta qualidade com 250 quartos. O projecto será executado em duas etapas. Na primeira fase serão construídos um edifício de escritórios e três edifícios de logística e na segunda fase será construído o hotel de 13 andares e os restantes três edifícios de escritórios. O plano director e o projecto de arquitectura são da autoria do gabinete de arquitectura Cigler Marani Architects, chefiado por Jakub Cigler and Vincent Marani, situado em Praga. O plano director prevê um parque comercial de tipo fechado. Todos os edifícios serão construídos ao longo dos perímetros do terreno, circundando assim um grande espaço central rectangular com um lago artificial, criando deste modo uma área de recreio interior, aberta tanto aos colaboradores como ao público em geral. O hotel de treze andares servirá de elemento de destaque vertical no complexo e estará virado para as duas avenidas paralelas que levam ao aeroporto. Os três volumes horizontais com 20 metros de altura destinados a escritórios ficarão orientados de norte para sul, com restaurantes e grandes salas viradas para a área de recreio.

A zona de logística industrial ficará posicionada de forma funcional na extremidade da parcela, com uma entrada separada para entregas. Os edifícios de escritórios e logística possuirão bases uniformes e modelares de modo a permitir maior flexibilidade na resposta às necessidades das empresas ocupantes. A linha longitudinal dos escritórios é interrompida por volumes perpendiculares, atribuindo assim plasticidade aos edifícios mas fornecendo também o máximo de luz natural para cumprir os altos padrões da certificação LEED, uma certificação de avaliação de sustentabilidade dos edifícios largamente reconhecida. A estrutura do edifício também foi minimizada através de colunas redondas uniformes e núcleos internos rígidos com escadas de evacuação. O elemento autoportante da fachada do edifício de escritórios, visível a partir das duas avenidas, destacase pelo seu aspecto simples, pouco habitual na arquitectura búlgara. No entanto, o moderno vidro de alta qualidade e o invólucro em alumínio demonstram que o segredo está nos detalhes. Os pisos inferiores são completamente envidraçados para destacar o edifício do solo em termos visuais. Nos pisos superiores, a repetição rítmica do envidraçamento do chão ao tecto com tiras sólidas e finas dá um aspecto dinâmico e elegante à fachada. A fachada torna-se mais diversa graças à repetição de dois módulos-base, ambos com o mesmo tamanho aproximado: 1250 x 3750 mm. Um dos módulos é completamente envidraçado, enquanto que o outro é composto por painéis de alumínio de 50 cm de largura. SOLUÇÕES PERSONALIZADAS PARA SISTEMAS A fachada construída com base no sistema CW 86-EF/HI da Reynaers, teve de cumprir diversos requisitos técnicos e de design.

Teve de se adaptar ao conceito ambiental do complexo e de reduzir significativamente o ruído proveniente do aeroporto e das estradas. Isto implicou o desenvolvimento de perfis e acessórios feitos à medida e um desenho especial para as extremidades do edifício. Alguns testes acústicos e de ar-vento-água revelaram que as fachadas construídas à medida diminuem o ruído em 45 dB, possuindo também muito boas propriedades anti-sísmicas e de isolamento térmico. A fachada também permite reduzir o consumo de energia do edifício devido à utilização de fontes de energia renováveis como a luz natural, através de janelas de vidros duplos com duplo revestimento. A customização do sistema CW 86-EF também foi efectuada devido a razões estéticas. Os arquitectos, que se debruçaram mesmo sobre os mais pequenos pormenores, queriam extremidades mais angulares para os perfis das fachadas e por isso foram criados perfis especiais com extremidades de 0,5 mm. Outro detalhe interessante desenhado pelos arquitectos foi o conceito para a ventilação natural da fachada. Em vez de janelas que podem ser abertas, foram desenhadas ‘válvulas’ integradas nas faixas de alumínio da fachada. O Sofia Airport Centre tornou-se um ponto de referência em termos de desenvolvimento sustentável e inteligente em todos os aspectos –  desde o macro-conceito inicial até aos detalhes mais pormenorizados do processo de trabalho.

Instalador: 
Kristian Neiko 90 LTD
Arquiteto: 
Cigler Marani Architects
Localização: 
Sofia, Bulgaria View on map
Fotógrafo: 
Kiril Konstantinov
Outros parceiros: 
Tishman International Management Ltd. (Investors) CO-VER (General Contractors)
Sistemas Reynaers utilizados: