Skip to main content
Frederico Miranda Reynaers

Como aconteceu o teu primeiro contacto connosco?

Comecei em Fevereiro como temporário, mas já tinha enviado o CV diretamente para a Reynaers. Passado pouco tempo, entrei para os quadros. Nem me recordo bem do primeiro dia, mas para mim todos os dias têm sido de adaptação para mim.  Os primeiros tempos foram difíceis. Do meu anterior trabalho já sabia tudo e cheguei aqui e não sabia fazer nada. Foi uma mudança que eu quis ter, mas foi um choque para mim. Agora, sinto que já estou alinhado.

Imagino... entraste numa altura em que andamos todos numa 'velocidade furiosa'. 

Sim, mas todos os dias tenho aprendido alguma coisa. Gosto disso!

Que idade tens? Por onde andaste antes de vir para aqui?

25. Fiz um curso profissional na área das energias renováveis na vertente eólica, mas nunca cheguei a trabalhar na área. Tinha saído da empresa onde estava de produtos veterinários, na qual trabalhei seis anos. A empresa mudou-se para Leiria e, com a pandemia, sofreu outras alterações, deixei de poder partilhar carro… o que se tornou mais difícil de gerir.

Casado, com filhos?

Sim, casado. Relativamente aos filhos, tudo a seu tempo :)

Armazem_PT_Reynaers_Aluminium

No armazém, com a colega Sandrina Silva

Estamos todos, felizmente, a viver um período eufórico de trabalho nesta casa… nem sempre é fácil lidar com isso imagino… 

Sim! Há mais stress, mais complicações, mas quanto mais trabalho há, mais nos obriga a organizar melhor….

Verdade, até se costuma dizer que a necessidade aguça o engenho :) . Qual o momento mais divertido até agora?

Não tem havido muito tempo para diversões… Até agora, acho que foi quando tivemos aquela ação com o João Catalão.

Together Day Reynaers

Que eu a cada dia possa aprender uma coisa nova, já faz valer a pena.

Frederico Miranda

O que mais reténs disso?

Para mim, foi o facto de poder conhecer todas as pessoas da empresa e ter uma perceção melhor do que é a Reynaers. Esse dia foi bom!

O que é que te seduz mais na Reynaers?

Eu sempre gostei de desafios e gosto quando aprendo uma coisa nova. Que eu a cada dia possa aprender uma coisa nova, já faz valer a pena. Tenho aprendido muito sobre acessórios, sobre o sistema de gestão de stocks…

Já sei que és aqui de Pombal, é ótimo trabalhar ao pé de casa, não é?

Sim, é muito bom!

Conta-me um dia típico da tua rotina.

Normalmente venho para o trabalho e costumo ir almoçar a casa…

… Que luxo!

Sim, é :) . No final do dia de trabalho, há dias que vou fazer desporto – correr, ciclismo, ginásio – outros em que tento estudar alguma coisa. Gosto de estudar sobre coisas da vida, como podemos ser melhores, com nós mesmos e com os outros.

E o dia típico aqui na Reynaers?

Depende dos dias. Estou na conferência dos acessórios, preparar encomendas, ultimamente é o que tenho feito mais. Há dias que me passam mais de 500 referências pelas mãos.

Armazem_Frederico_Reynaers

Ambições para o futuro?

Para o futuro, imagino-me a trabalhar aqui, espero que sim!

(nós também, senão não estava aqui a falar contigo :) )

Agradeço a oportunidade que me estão a dar e espero poder continuar a melhorar e a aprender e, também, dentro do possível conseguir aplicar a experiência que já tinha. Se eu conseguir contribuir para melhorarmos, melhor, fico contente!

Como se costuma dizer: deixar a nossa melhor marca naquilo que fazemos. É isso?

Sim, isso mesmo!

Artigos Relacionados