Skip to main content
  • ConceptWall 50 Fachadas e ConceptPatio 155 Correr e Harmónio - Complexo de apartmentos Dalston Lane localizado em London, Reino Unido
  • ConceptWall 50 Fachadas e ConceptPatio 155 Correr e Harmónio - Complexo de apartmentos Dalston Lane localizado em London, Reino Unido
  • ConceptWall 50 Fachadas e ConceptPatio 155 Correr e Harmónio - Complexo de apartmentos Dalston Lane localizado em London, Reino Unido
  • Goddard Manton
  • Robin Gimblett

Dalston Lane

London - Reino Unido

O que aconteceu a Dalston? Há vinte anos atrás o historiador local Patrick Wright escreveu nostalgicamente “Uma Viagem Entre as Ruínas: Os Últimos Dias de Londres” de uma desaparecida Dalston. Uma Dalston onde a propriedade e a posse eram porosas e onde o tempo parecia ter abrandado ou parado completamente. As lojas estavam presas nos anos 50 e as pessoas deambulavam sem propósito, mas ajudavam-se mutuamente. Nos últimos parágrafos do capítulo, chamado Volta ao Mundo em 300 jardas, Wright adverte para uma invasora mudança radical na comunidade Dalston, onde a compra para arrendamento acolhe uma população transitória.

Wright pode ter tido as suas previsões erradas, mas a mudança chegou a Dalston definitivamente, e os Londrinos ouvem falar cade vez mais deste lugar no Overground, leste de Londres. Com um preço fora dos padrões de Brick Lane, Spitalfields e Shoreditch, Dalston é cada vez mais a casa para descolados da cidade, e assim agora bistros yuppie e jardins comunitários altruístas localizam-se ao lado de cafés de operários e mercados de construção. Uma luta está a decorrer aqui, e ainda está para ser apurado o vencedor. Há, no entanto, um esquema visionário planeado para a construção do ambiente e da demografia de Dalston. Parte deste esquema começou na sua forma física em 2007 com a Fase 1 da Dalston Square – um programa de regeneração urbana instigado por Hackney Council e a London Development Agency e realizado por Barratt Homes. Um total de 553 moradias estão a ser construídas, muitas já completas, em três fases no cruzamento de Kingsland Road e Dalston Road ao lado de uma nova estação. Para além destas residências, o projeto incluiu uma biblioteca pública de 3,200 m², 2,650 m² espaço comercial e 525 m² de espaço comunitário à volta de uma paisagística praça pública de 4,300 m².

ConceptWall 50 Fachadas e ConceptPatio 155 Correr e Harmónio - Complexo de apartmentos Dalston Lane localizado em London, Reino Unido

Jardins de inverno são projetados da fachada oeste com vista para a praça pública

A praça pública é, portanto, o foco do desenvolvimento e os edifícios de altura média--grande estendem-se ao lado de sua rota norte--sul. A Fase 1, Dalston Lane South, desenhada por Arup Associates estava completa em 2010 e englobava 244 novos apartamentos. Robin Gimblett da Goddard Manton Architects que foram designados para ajudar em todas as fases explica que o edifício “enfatiza a solidez de um edifício fachada de tijolo, onde as aberturas de janelas são perfuradas na pele do tijolo. A característica incomum são os jardins de Inverno, que projetam da fachada com vista para a praça pública. O ritmo e o padrão da caixilharia horizontal e vertical são criados usando cor (claro e escuro).” Os produtos da Reynaers foram usados ao longo de todo o local. Os jardins de Inverno, no entanto, refletem o uso mais interessante. Aqui, o sistema CW 50 de fachada de fortificação foi combinado com vidros fixos e persianas de madeira fixos. CW 50 também permite uma penetração de luz por dentro do edifício e oferece uma liberdade criativa ilimitada. O GP 51, um sistema inovador de vidro deslizante, foi usado para as varandas. Ao nível do solo, o sistema CW 50 foi usado para ambas as fachadas das lojas e da biblioteca para além de vidro fixo e algumas luzes vidradas para a abertura.

Entretanto, McAslan and Partners desenhou a Fase 2, Dalston Junction Interchange. Aqui os arquitetos desenharam quatro torres juntas, três de seis andares e uma de nove andares, com varandas divididas em quatro compartimentos que estendem a fachada voltada para o leste da praça pública ou para o oeste para Kingsland Road. A varanda, com a sua balaustrada de vidro, é acedida através de portas de pátio deslizantes escolhidas da gama do sistema Reynaers CP 130. Por outro lado, o edifício é construído a partir de painéis de cimento reforçados com vidro colorido branco e estruturas de madeira para dar espaço ao ar livre uma sensação mais acolhedora. A fase final do projeto um bloco de enchimento de 32 unidades com conclusão prevista para 2013. O tamanho do sistema é indiscutivelmente grande e seu impacto sobre uma comunidade em sofrimento não pode ser subestimada. É difícil, no entanto, dizer de que lado está o projeto Dalston Square. Em todo o caso, está a criar uma nova aberta paisagem urbana pública de boa qualidade e vibrante que encoraja a prática pedestre e o ciclismo, com oportunidades residenciais atraentes que esgotam em minutos e de facto contribuem para alguns dos relevantes objetivos políticos no que toca a habitação e ambiente urbano das autoridades locais.

Sistemas Reynaers utilizados

Parceiros envolvidos

Arquiteto

  • Goddard Manton
  • Robin Gimblett

Instalador

  • M Price Limited

Fotógrafo

  • Nick Short Photography

Outros parceiros

  • Barrat Homes (Construtor)