Skip to main content
  • ConceptWall 86 Fachadas - Office building MAN Corporate Centre localizado em München, Alemanha
  • ConceptWall 86 Fachadas - Office building MAN Corporate Centre localizado em München, Alemanha
  • ConceptWall 86 Fachadas - Office building MAN Corporate Centre localizado em München, Alemanha
  • ConceptWall 86 Fachadas - Office building MAN Corporate Centre localizado em München, Alemanha
  • ConceptWall 86 Fachadas - Office building MAN Corporate Centre localizado em München, Alemanha
  • ConceptWall 86 Fachadas - Office building MAN Corporate Centre localizado em München, Alemanha
  • Max Bögl Bauunternehmung GmbH & Co. KG

MAN Corporate Centre

München - Alemanha - 2009

O desenho da sede de uma empresa deve ser sempre bem ponderado: o edifício deve conseguir representar a companhia e refletir a posição da mesma na área em que atua, sem contudo ser extravagante ou pretensioso. É por isso necessário encontrar o equilíbrio perfeito entre estas ideias. No caso da nova sede do Grupo MAN, concluída em 2009, e que alberga agora 170 empregados, este objetivo foi muito bem conseguido. A arquitetura do edifício para esta companhia industrial de renome mundial no setor de engenharia de transportes foi desenhada como um eufemismo elegante.

ASPETO COERENTE

O complexo de escritórios de seis andares situado na Ungerer Strasse, uma artéria concorrida de Munique, não é completamente novo. A ala norte do edifício data do início dos anos 80 e era ainda ocupada por escritórios individuais tradicionais. No entanto, os conceitos de conversão e expansão não foram interpretados pelos arquitetos como um diálogo entre o velho e o novo, mas sim como uma unidade. As instalações da gestão da companhia possuem um aspeto coerente, tanto no interior como no exterior, o que se adapta perfeitamente à identidade empresarial da MAN. A conversão e nova construção do lado sul foram concebidas para fazer parte de uma paisagem de escritórios tão aberta quanto possível, inundada de luz e em perfeita harmonia com a forma como comunicamos e trabalhamos no século XXI. O controlo da luz solar é intensificado pelas paredes refletoras, placas de alumínio perfurado nos tetos e paredes internas de vidro. Desta forma, os arquitetos foram capazes de criar boas condições de iluminação e uma relação estreita com o espaço exterior, apesar da profundidade do edifício, com cerca de oito metros. O exterior do edifício principal mostra contenção, com o seu aspeto que parece inspirado puramente pela tecnologia. Todas as esquinas do edifício são arredondadas, ao mesmo tempo que as janelas contínuas e os painéis de alumínio enfatizam a dimensão horizontal do edifício. A superfície alinhada criada pelas janelas e pelos painéis proporciona ao edifício um aspeto cuidado, suave e mesmo sedoso quando visto com determinada luminosidade. Os painéis de alumínio brilham de forma diferente de acordo com o tipo de luz e isso deve-se aos processos de acabamento aplicados sobre as superfícies, escovadas longitudinalmente antes de serem anodizadas, de modo a que o alumínio tenha o aspeto de aço inoxidável com um acabamento “suave”.

TECNOLOGIA SUBTIL

As janelas em banda são desenhadas como uma fachada dupla com proteção solar integrada. Se necessário, cada uma das janelas pode ser aberta individualmente. As janelas de abertura paralela com cerca de 300 kg são acionadas automaticamente e podem ser abertas até 30 cm de distância da superfície da fachada. A durabilidade do mecanismo foi comprovada com um teste de operação de 33.000 ciclos. Em termos de insonorização, estas janelas de abertura paralela são mais eficazes que as variantes basculantes, devido sobretudo à fachada de duplo vidro que também melhora a ventilação natural. Para o isolamento, foram utilizados perfis do sistema CS 86-HI, o que contribui consideravelmente para a eficácia energética do edifício. Existem lâminas de proteção solar instaladas entre dois painéis que podem ser ajustadas para diferentes alturas. Isto permite distinguir a proteção solar do controle da luz do dia de forma eficaz. O piso executivo apresentou um desafio especial. Foram desenvolvidos elementos com esquinas em forma de esfera, que nos levam até ao terraço através de portas de correr inclinadas. Em termos gerais, podemos afirmar que a MAN conseguiu o Centro Empresarial que lhe serve como um fato feito à sua medida, com um corte clássico e um tecido de alta qualidade.

Parceiros envolvidos

Arquiteto

  • Max Bögl Bauunternehmung GmbH & Co. KG

Fotógrafo

  • Aspectfoto Königsbrunn